Câncer e Doenças de Sangue

Pesquisa Clínica

A pesquisa é um importante segmento do trabalho desenvolvido no Boldrini e já trouxe diversos benefícios como o estabelecimento de terapias personalizadas e com efeitos colaterais reduzidos. Um exemplo do avanço alcançado por esses estudos está no tratamento da Leucemia Linfoide Aguda (LLA). Os estudos desenvolvidos pelos especialistas foram responsáveis por promover a redução da radiação profilática no sistema nervoso central e a diminuição da toxicidade da terapia de manutenção e de seu tempo de tratamento em seis meses. Uma sobrevida de sete anos, livre da doença, é de 84% para os pacientes portadores de LLA de baixo risco.

Com o intuito de compartilhar o conhecimento médico em torno das doenças, o Boldrini firmou parcerias com hospitais estrangeiros para a realização de intercambio de profissionais que buscam aperfeiçoamento técnico e científico.

Além disso, o Boldrini integra grupos, entidades e organizações que buscam difundir o conhecimento sobre o câncer e seus tratamentos, como a Câmara Técnica de Transplante do Ministério da Saúde, o Grupo de Registros de Câncer do CONPREV, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) e do Comitê Técnico de Hemoglobinopatias e Hemofilia da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. A entidade também coordena, em nível nacional, do Grupo Brasileiro de Tratamento da Leucemia Linfóide Aguda da Criança (GBTLI).