Imprensa

17/09/2018

Paciente do Boldrini recebe premiação na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

 A pedagoga do Centro Infantil Boldrini, Cibelle Bittencourt, Oziel da Costa Jr e Dra. Silvia Brandalise, presidente do Boldrini

Determinado e muito focado nos estudos, o jovem paciente Oziel da Costa Jr, de 18 anos, é uma inspiração para os colegas de tratamento no Centro Infantil Boldrini, hospital que é referência no tratamento onco-hematológico na américa Latina.

Mineiro da cidade de Goiabeira, Oziel se mudou para Campinas após ser diagnosticado com Leucemia, em 2016. Desde então, esteve internado para sessões de quimioterapia, realizou um longo tratamento até entrar em remissão da doença e hoje faz manutenção com atendimentos periódicos. Tudo isso, sem deixar de lado o afinco nos estudos, para conquistar o sonho de cursar Medicina.

Hoje, Oziel celebra uma grande conquista: recebeu, na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a medalha de bronze pela sua participação na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, acompanhado pela pedagoga do Boldrini Cibelle Bittencourt, e pela Dra. Silvia Brandalise, presidente do hospital.

A prova que lhe garantiu a premiação foi feita em 2017, quando Oziel ainda cursava o 3º ano do Ensino Médio, dentro do próprio hospital.  “Cursei os 2º e 3º anos do Ensino Médio diretamente do hospital, graças à dedicação que compartilhei com excelentes professoras voluntárias, que me proporcionaram a oportunidade de acesso ao conteúdo que teria na minha escola”, explica Oziel, feliz com a conquista. “Pela prova que fiz em 2016 conquistei menção honrosa. Não cheguei à medalha pois foi um ano particularmente difícil em meu tratamento, pois estava na fase inicial e não me sentia muito bem. Agora me dediquei ainda mais e fiquei feliz com essa conquista. Agradeço a todos do hospital que me ajudaram muito”.

Neste ano, Oziel continua em Campinas para acompanhamento do tratamento e, sob orientação da Pedagogia do Boldrini, estuda para prestar o ENEM e vestibular da Unicamp.

“Para nós, da Sala de Apoio Pedagógico do Centro Infantil Boldrini, é uma honra participar desta premiação. Nós nos sentimos premiadas também, pois acreditamos que cada paciente que entra em nossa sala terá a oportunidade de realizar os seus sonhos. Nós os incentivamos por meio dos estudos a dar continuidade aos seus sonhos mesmo no momento difícil em que estão passando. Temos certeza que a oportunidade de continuidade dos estudos contribui para sua total recuperação”, comemora a pedagoga Cibelle.